Roteirista diz que dividir “Amanhecer” foi uma tarefa difícil

Dividir o quarto livro da saga “Crepúsculo”, “Amanhecer”, em dois filmes foi uma tarefa difícil.

A roteirista Melissa Rosenberg confessa que precisou tomar muitas decisões para fazer o filme em duas partes. “Quando começamos, todos estavam em dúvida, foi mais ou menos como olhar para o livro e pensar, ‘há realmente dois filmes aqui?’”, disse.

“Todos nós queríamos transformá-lo em dois filmes. E então veio a pergunta: “os atores estão disponíveis para fazer dois projetos?”. Várias coisas começaram a surgir, precisamos decidir tudo”, explicou Rosenberg.

No entanto, ela diz que o filme final da saga ainda não foi oficialmente dividido, e os trabalhos no script continuam. “Ainda estamos decidindo. Estou fazendo os primeiros rascunhos agora. Mas acredito ser o fato de termos Bella como humana, e depois como vampira. O diretor de “Amanhecer”, Bill Condon, provavelmente dará uma resposta diferente, mas acredito ser uma quebra natural. A Bella aparece como humana, com um bebê, e também como mãe e vampira”, completou.

FONTE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: