Psiquiatras utilizam a saga Crepúsculo para melhorarem diagnósticos

A Universidade de Medicina da Carolina do sul está  utilizando a saga «Crepúsculo» como forma de melhorar os diagnósticos dos pacientes. Quinze psiquiatras discutiram durante meses com reuniões semanais os casos dos personagens «Edward Cullen» e «Bella Swan», como se fossem dois jovens perturbados da vida real.

A notícia adiantada pela «Fox News» explica que o fato de «Edward» ter 100 anos (como vampiro que é), mas se comportar como um jovem de 17 anos indicia desenvolvimento atrofiado. Em relação a «Bella», o seu altruísmo e disposição para se sacrificar em favor dos outros deixa-a especialmente vulnerável a uma relação perigos.

E esta revelação vem também acompanhada de um tratamento: «Terapia cognitiva comportamental para contrariar os seus pensamentos negativos imediatos».

FONTE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: