Salário seria motivo para troca de atores em Amanhecer?

Summit Entertainment está trabalhando arduamente para fechar os negócios dos talentos necessários para dividir o quarto livro de Twilight, de Stephenie Meyer, em dois filmes. Mas um obstáculo improvável está segurando um anúncio – e poderia mesmo levar a mudanças de elenco na parcela final da série.

O estúdio está perto de finalizar acordos com os protagonistas Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner, os quais irão obter grandes aumentos para voltar para uma quinta edição da saga do romance de vampiros. E o diretor Bill Condon já assinou para dois filmes “Breaking Dawn”, que seriam filmados na sequência, começando no outono e lançados em novembro de 2011 e verão de 2012, respectivamente.

Mas a Summit está tendo dificuldade com alguns dos personagens secundários da franquia. Acordos com Peter Facinelli (que interpreta Carlisle Cullen) e Billy Burke (pai de Bella, Charlie Swan) estão feitos, mas nos disseram que atores que interpretam os Cullen (especialmente Kellan Lutz e Ashley Greene) estão tentando afundar seus dentes em pagamentos maiores que, pelo menos neste momento, o estúdio por trás da franquia bilhionária não está disposto a fornecer. ”Podemos ter uma situação em que um deles é colocado na rua para provar um ponto”, diz uma fonte próxima à quem está fazendo os acordos.

Então, estamos caminhando para uma reformulação do elenco na parte final de “Twilight”?

Há um precedente para tal tática. Depois do sucesso do primeiro filme, a Summit cortou Rachelle Lefevre, que interpretou Victoria, em parte porque os representantes dela jogaram duro com dinheiro. (Bryce Dallas Howard conseguiu o emprego por causa disso.) Agora com dois filmes em série, até mesmo os Twilighters menores (Lutz, em particular) tornaram-se estrelas procuradas, então faz sentido que gostariam de ser mais bem pagos para o filme final. Mas nós fomos informados de que as ofertas de Summit – que se dizem ser de pelo menos 10 vezes o que os atores conseguiram no primeiro filme – foram consideradas “ofensivas”, dada à quantia enorme de dinheiro que a franquia gerou.

Summit se recusou a comentar a situação. Mas o estúdio quer se mover rapidamente para puxar o gatilho em dois filmes – e não tem medo de reformulação do elenco se os acordos não forem alcançados. Além disso, ela tem ainda mais razões para estar preocupada com os custos desta vez. Como é típico em franquias de sucesso, os filmes “Twilight” são cada vez mais caros com cada parte. E os protagonistas também, especialmente se “Breaking Dawn” for dividido em duas partes. O trio assinou inicialmente por três filmes (lembre-se, nessa época “Twilight” foi uma adaptação de baixo orçamento de um novo nicho de romance adolescente), mas, na primavera de 2009 – após o primeiro filme se tornar um sucesso internacional – eles renegociaram todos os seus negócios de modo que a Summit poderia reservá-los para um quarto filme.

O estúdio, em seguida, percebeu que “Breaking Dawn”, com suas mais de 900 páginas e narrativas contadas a partir de duas perspectivas, era denso o suficiente para ser dividido em duas parcelas (como Warner Bros anunciou que faria para o final de “Harry Potter”). Apenas um problema: o elenco não assinou para um quinto filme. Eles são todos grandes estrelas agora, com Lautner, particularmente pedindo na faixa de US $ 7,5 milhões, então uma outra renegociação iniciada.

Isso significa pagar mais para os protagonistas, o que tornará o filme final muito mais caro do que os outros (“Eclipse”, que chega aos cinemas em 30 de junho está custando cerca de US $ 65 milhões, um valor que certamente será pequeno perto da quarta e da quinto parte, mesmo que os custos possam ser amortizados, filmando os dois ao mesmo tempo). Por essa razão, a Summit ainda está segurando a opção de simplesmente fazer um “Breaking Dawn”, apesar de várias fontes dizerem que ficariam chocados se o quinto filme não acontece. ”Essa coisa vai ser feita em dois filmes,” uma fonte diz. ”Com ou sem o elenco intacto.” Meyer já assinou o plano de fazer dois, um obstáculo fundamental, dado o direito de aprovação que ela tem em seu contrato.

A Summit também está de olho em outras medidas de corte de custos para as parcelas finais. Um acordo está sendo negociado para mover a produção para Louisiana depois de fazer o primeiro em Portland e os dois últimos em Vancouver e na Itália. Atrair “Twilight” seria um enorme negócio para o estado – e, dados os créditos fiscais, pouparia dinheiro para o estúdio.

“Twilight” tem sido até agora uma rara franquia de peso feita com um orçamento não tão pesado.Vai ser interessante ver o que a Summit vai fazer para mantê-la assim. Trocar um ator na última parcela de uma série bem-sucedida pode ser uma jogada arriscada, mas nós estamos apostando que, contanto que os seus preciosos Bella, Edward e Jacob retornem, os fãs vão superar qualquer decepção.

Uma resposta

  1. Trocar um ator por outro é o fim…odiei a troca de Victoria…mas que Ashley e kellan não estao com essa bola toda pra isso não estão não…ainda mais q Alice vai ter uma participação pekena,importante mas pekena,em amanhecer,e o kellan?dava pra excluir numa “boa”.Quando o dinheiro sobe a cabeça né…nem rob e kiki estão assim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: